Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

5 formas de trabalhar o comportamento agressivo

Mesmo que os pais zelem pelo bem estar e por medidas educacionais para cuidar de seus filhos, lidar com o comportamento agressivo pode ser uma dificuldade para muitas famílias. Entretanto, dependendo da idade, é uma experiência normal na vida das crianças. 

Na primeira infância, por exemplo, é comum os pequenos expressarem desejos e frustrações por meio da agressividade, o que é natural, pois elas estão aprendendo a lidar com seus sentimentos. 

De qualquer forma, existem fases que a agressividade pode prejudicar o convívio da criança em casa ou na escola, se tornando um desafio para a família. Venha entender mais as formas de trabalhar o comportamento agressivo na infância! 

O que pode ser a raiz do problema? 

Antes de tudo, procure entender os principais motivos que desencadeiam atitudes agressivas na criança. As causas e as manifestações desses comportamentos podem variar de acordo com a idade do pequeno. 

Lembre-se: crianças reproduzem comportamentos! Portanto, é importante se atentar às atitudes praticadas na frente delas. 

Há estudos que apontam algumas razões da agressividade infantil: 

- Falta de atenção dos pais; 

- Falta de uma estrutura familiar; 

- Reprodução de atitudes vivenciadas; 

- Tentativas de atrair atenção. 

Tendo em vista a raiz do problema, busque compreender e solucionar a situação juntamente com a escola. O ambiente escolar também exerce um papel super importante no processo de desenvolvimento emocional. 

Parceria entre família e escola 

Como falamos acima, a união entre pais e escola é primordial para solucionar o problema da agressividade, pois ambas são importantes para a educação do pequeno. Por isso, o diálogo e a sintonia das ações são fundamentais! 

Atitudes dos pais que estimulam a agressividade, como dizer “bata nele de volta” ou “defenda-se”, podem dificultar a assimilação com as regras de convivência aplicadas na escola. 

Desse modo, cabe aos pais e professores ajudarem a criança a desenvolver o autocontrole e a expressarem suas emoções de forma mais aceitável. 

Onde a agressividade pode aparecer no comportamento infantil? 

Abaixo, confira alguns comportamentos agressivos praticados na infância que você pode identificar: 

- Não respeitar o chamado dos pais ou educadores; 

- Gritar ou exaltar a voz; 

- Empurrões; 

- Mordidas; 

- Chutes e socos;

- Puxões de cabelo.

Essas atitudes devem ser observadas e conversadas, mostrando sempre o limite e como a criança pode lidar com as causas dessas ações. 

agressividade infantil

O papel da escola 

Sabemos que a escola desempenha um papel importante no desenvolvimento socioemocional das crianças. Por isso, avalie se o ambiente escolar está aplicando atividades que trabalhem comportamentos de agressividade de forma respeitosa e compreensiva. 

Conforme as Orientações Curriculares já estipuladas em 2007, é por meio do agir, das relações com os outros (grandes e pequenos), que as crianças poderão compreender seus sentimentos, emoções, organizar seus pensamentos e buscar iniciativas para solucionar problemas e conflitos. 

No ambiente escolar, o educador deve dar espaço para escutar as crianças diante de alguma atividade sugerida, ou aceitar o estado de espírito do pequeno que não queira participar. Essas atitudes podem contribuir para um espaço tranquilo e respeitoso. 

Algumas formas de trabalhar o comportamento agressivo dentro da escola também podem ser durante uma validação positiva, diantes das atitudes favoráveis (agressivas ou não). 

Evidencie expressões alegres e verbalize elogios para que todos ouçam. No momento de medir situações de conflito, converse de forma privada, sem expor a criança para os outros alunos. 

5 atividades para trabalhar o comportamento agressivo

Jogos e brincadeiras são ótimas formas para trabalhar o comportamento agressivo durante a infância. Além de ajudar a criança a lidar com suas emoções, fortalece o espírito de grupo e a solidariedade. Confira: 

1 - Atividades movimentadas 

Quando as crianças estiverem mais agitadas ou em situações de conflito, leve-as para o pátio e proponha atividades bem movimentadas; pique-pega, bandeirinha, qualquer coisa que possa distrair. 

2 - Fazer tintas coloridas

Para iniciar, as crianças começam a bater os martelinhos em pedras, tijolos, isopor e outros materiais, transformando-os em pó que será peneirado para fazer tintas coloridas. O resultado? tintas coloridas para brincar com artes visuais!  

3 - Chuva de papéis 

Com revista e jornais velhos, proponha à turma a rasgar papéis: rasgar, rasgar e rasgar! Quando esgotarem da atividade, peça que coloquem os papéis em baldes, caixa ou sacola e, em grupo, façam uma linda chuva de papéis picados.  

4 - Brincar de expressões! 

Nomear sentimentos e expressá-los são ótimas atividades para o autoconhecimento. Proponha desenhos com expressões, recortes em fotos que identifiquem tristeza, alegria, gargalhada e entre outras emoções. . 

5 - Trabalho em grupo

Desenvolver ideias em grupo ou praticar a tolerância entre as crianças, são caminhos seguros para minimizar situações de agressividade, fortalecendo o respeito ao próximo e o sentimento de pertencimento ao coletivo. 

Viu como a agressividade infantil tem solução? Há diversas formas de trabalhar o comportamento agressivo na infância. Para os pais e educadores, é importante empenhar-se de forma mútua. Esse tipo de comportamento é essencial, além de fortalecer ainda mais o desenvolvimento socioemocional do pequeno. 

O que achou do post? Deixe seu comentário! 

Nenhum comentário.

Deixe um comentário!

WordPress Image Lightbox Plugin