Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Dia da saudade: Saudade dói?

A saudade é um sentimento causado a partir de lembranças e memórias de pessoas, animais, coisas, lugares ou situações distantes de nós ou até mesmo extintas, associada ao desejo de tornar a vê-las ou tê-las. Geralmente ela causa uma sensação desconfortante como a de tristeza, perda e falta.

 

Mas onde será que a saudade mora? Que forma tem? E como as crianças sentem esse sentimento difícil?

 

Normalmente, as crianças vivem um amor verdadeiro, profundo e incondicional pelas pessoas, animais e locais que lhe tragam um bem-estar sem a menor noção de perdas e consequências. Dentro desse amor puro e verdadeiro a criança experimenta uma sensação de longevidade. Não pensa em término e ruptura.

 

Quando por um acaso alguma coisa acaba ou se distancia, a criança vive um sentimento de dor, medo e muita saudade.

 

A família muitas vezes tenta se unir para protegê-la e não deixá-la viver a sensação desagradável que aquela emoção lhe traz. É importante, no entanto, que a criança viva e experimente aquela sensação mas sempre com um apoio ao lado, com alguém que lhe traga confiança.

 

Por exemplo, quando um cachorrinho morre, ou uma babá deixa a casa em que trabalha, ou mesmo quando bate uma saudade de um lugar em que as crianças visitaram nas férias, é importante que os adultos acolham a emoção da criança.

 

É interessante que os adultos ajudem a criança a vivenciar esse sentimento difícil dando suporte, acolhimento e carinho.

 

“Esconder” a emoção não é a solução!

 

Por mais difícil e dolorosa a situação que traga a saudade, é essencial que os pais ajudem os pequenos a identificarem a emoção e a nomeá-las, compreender porque ela está aparecendo e dar um significado a ela.

 

É super importante que a criança aprenda a vivenciar emoções desagradáveis desde pequenos, porque afinal, infelizmente não temos autonomia de escolher quando elas aparecerão ou não. E o monstrinho da saudade traz lindas memórias.

 

Saiba como cuidar das emoções dos pequenos com o livro Tenho Monstros na Barriga.

Nenhum comentário.

Deixe um comentário!

WordPress Image Lightbox Plugin