Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Formas de educar seu filho para não torná-lo uma criança mimada

É possível educar uma criança mimada sim! Você, manteiga derretida, certamente diz mais sim do que não para o seu filho. Infelizmente, não impor os limites necessários tornam a criança mimada

Embora existam fases da vida no qual as crianças são dependentes, é possível ensinar até por pequenos gestos desde bem cedo. Quer saber mais? Confira abaixo! 

A criança mimada dos dias atuais 

Algumas questões como a mudança no âmbito social e econômico, são os possíveis responsáveis por essa geração “mimada”. Pais e mães estão muito ausentes por trabalhar muito e as crianças estão mais imersas na internet

Isso diminui o contato com a família e desencadeia um comportamento social sem muitos limites.  Para compensar a falta que fazem, os pais fomentam um comportamento vicioso, abrindo mão das vontades para suprir a ausência. 

Cuidado ao impor os limites! 

A educação nunca deve ser ignorada! O futuro do seu pequeno depende em grande parte do que você ensina. Por isso, se realmente deseja um desenvolvimento adequado, seja rigorosa(o), mas com cautela. 

Algumas teorias educativas defendem que o "não" como resposta pode provocar frustrações à criança. Essa posição pode ser inadequada, visto que o pequeno precisa sim de limites, pois ele não desenvolveu ainda a capacidade de raciocinar e discernir. 

Entretanto, os limites também não devem ser sinônimo de autoritarismo e negação! Você deve usar o bom senso e sem excessos, caso deseje criar um ambiente de desenvolvimento adequado para o seu filho. 

Formas de educar uma criança mimada

Formas de educar seu filho a não ser mimado desde bem cedo

Reforçando o que mencionamos, eduque o seu pequeno desde cedo para não se tornar uma criança mimada! Confira algumas dicas: 

- Bebês 

Durante o primeiro ano de vida, os bebês já passam por algumas frustrações, como tentar sair da cadeirinha. Por isso, manifestam seus sentimentos com alguns gestos: tapas no rosto da mão ou do pai, ou puxar o cabelo. 

Para evitar isso, nada de palmadas! Basta segurar o pequeno, fazer contato visual e mostrar que aquilo é errado. 

- A partir de 1 aninho

A medida que a criança cresce, ela começa a querer a tocar em tudo. Essa é uma ótima oportunidade de ensiná-la a cuidar das coisas ao seu redor.

O pequeno quando convive com um bichinho, por exemplo, o animal já impõe os seus limites e mostra que nem tudo é permitido, como rosnar quando puxar o rabo.

É por meio desses contatos que a criança percebe que precisa cuidar das coisas e que nada acontece na vontade dela.

- Creche e pré-escola

Nessa fase, ela começa a ter o primeiro contato com crianças da mesma idade. Seu filho terá que aprender que cada um possui as suas preferências e que, às vezes, é preciso ceder. 

Embora a criança já possua capacidade de verbalizar os seus desejos, os pais devem impor limites com a ajuda de gestos. Ao dizer NÃO, sinalize com a mão, olhe diretamente para a criança, mantenha a voz calma e firme. 

- Dos 3 aos 6 anos 

A criança já possui um convívio social, então vale para os pais reforçarem, por exemplo, noções de desperdício. O pequeno pode aprender aos poucos a diferenciar necessidade de exagero. 

No contexto familiar, os pais devem sempre incentivar a valorizar todas as coisas, mesmo que ela pareça pequena. 

- A partir dos 7 anos 

A criança começa a entender melhor as regras e os limites. Nessa idade, elas são mais competitivas e não aceitam perder em nada. 

Para não abalar a autoestima e gerar frustrações, os pais devem mostrar que não dá pra ser 100% em tudo, além de explicar que as habilidades podem ser desenvolvidas com o tempo. 

O poder da sua educação! 

Embora você, papai ou mamãe, não resista aos pedidos do seu filho, repense e veja se há necessidade de realizar todas essas vontades. Lembre-se: será para o bem dele! 

As consequências de uma criança mimada são graves e podem ser evitadas desde cedo. Para evitar isso, indicamos o curso Emoções em Família, da Tonia Casarin, para famílias que querem um ambiente emocionalmente saudável.  

Gostou do conteúdo? Queremos saber! Deixe o seu comentário. 

Nenhum comentário.

Deixe um comentário!

WordPress Image Lightbox Plugin