Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Qual a melhor maneira de lidar com a raiva infantil? – Tonia Casarin

Todos nós sentimos raiva de vez em quando. A raiva infantil é uma emoção natural, útil e saudável, por mais que muitas pessoas a considerem uma emoção negativa nas crianças. Ela permite que a criança saiba que algo está errado ou incomodando e precisa ser mudado. Esse sentimento é uma grande aliada para percebermos o que nos faz mal e nos ajuda a estabelecer limites.

A grande questão é como reagimos a essa raiva infantil, ou seja, o comportamento que a criança tem ao experienciar a raiva. Algumas agem descontroladamente, enquanto outras destrutivamente, comprometendo a si próprias e suas relações. 

A raiva infantil, é muitas vezes, expressada de forma intensa, seja chorando, seja gritando, batendo ou quebrando algo. Ela tem um componente que pode ser explosivo e também esconder outro sentimento mais complexo, que ela não sabe lidar ou que é novo para ela. Pode ser consequência de uma perda, alguma vontade não satisfeita, ou uma frustração, expectativa não atendida, preocupação, vergonha, ciúmes...

Aqui estão algumas dicas de como os pais podem lidar com a raiva infantil de maneira apropriada:

Como lidar com a raiva infantil

Veja como orientar a criança em momentos de grande estresse.

  1. Identifique a emoção

Primeiramente, ensinar a criança a identificar a emoção é fundamental para que ela tenha consciência e aprenda a lidar com a raiva infantil num momento posterior. Você já deve ter percebido, mas é um esforço em vão tentar falar sobre a raiva no momento em que o ataque está acontecendo.

Quando ela estiver mais calma, converse sobre o ocorrido. Identifique a emoção pelo nome que ela tem. Quando a criança consegue nomear o sentimento, fica muito mais fácil lidar com ele. 

  1. Respeite os sentimentos da criança

A raiva infantil é algo natural, que pode ocorrer com certa frequência e que faz parte do desenvolvimento socioemocional. 

O problema é que, muitas vezes, pais, responsáveis e professores não sabem lidar com os sentimentos das crianças, principalmente com a raiva infantil.

É bem comum vermos adultos mandando os pequenos se calarem ou debocharem dos momentos de estresse de uma criança. Isso não é saudável e impede o desenvolvimento da inteligência socioemocional de ambos.

Seja firme com a criança, mas mostre respeito por suas emoções. O lar deve ser um porto seguro na vida, um local onde ela pode ser ela mesma e sentir com liberdade.

Como você lida com a raiva infantil? Seu filho costuma se estressar com frequência? Deixe seu comentário no post! Um método que pode te ajudar é o curso Emoções em Família, desenvolvido para atender as famílias que desejam um ambiente saudável para os seus pequenos. 

Nenhum comentário.

Deixe um comentário!

WordPress Image Lightbox Plugin