Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Os princípios dos fundamentos pedagógicos da BNCC

Da infância até a adolescência, é na escola onde são formados cidadãos. Nesse contexto, os fundamentos pedagógicos da BNCC precisam ser bem trabalhados para que o aprendizado seja enriquecedor na vida do aluno! Mais do que ensinar, a importância do papel do professor é crucial no desenvolvimento de indivíduos, por meio de diferentes metodologias que devem incentivar os estudantes.

Você, educador, provavelmente já conhece os fundamentos pedagógicos da BNCC. Mas o que podemos destacar neles? Como as competências socioemocionais entram neste documento? Continue a leitura e entenda! 

Definido como a Base Nacional Comum Curricular, o documento reúne diferentes normas para incluir na educação básica. Assim, os fundamentos pedagógicos da BNCC adquirem um compromisso com a formação e o desenvolvimento humano, por meio dos seguintes atributos:

- Intelectual;

- Física;

- Afetiva;

- Social;

- Ética;

- Moral;

- Simbólica.

O conceito de competência

O processo de ensino da aprendizagem está diretamente relacionado à importância do papel do professor

As decisões tomadas em sala de aula devem estar voltadas ao desenvolvimento de competências, segundo os fundamentos pedagógicos da BNCC

Segundo o manual, "competência é a possibilidade de mobilizar e operar o conhecimento em situações que requerem aplicá-lo para tomar decisões pertinentes" (LDB, artigos 32 e 35). 

Os fundamentos pedagógicos da BNCC definem três grupos de competências gerais que devem estar no ambiente educacional: pessoais/sociais, cognitivas e comunicativas.

Diante disso, é importante destacarmos a inteligência emocional como ponto de partida para as competências pessoais e sociais. Vamos falar mais sobre o assunto nos tópicos abaixo!

Mundo atual: novas questões, emoção em sala de aula

A sociedade atual impõe um olhar inovador e inclusivo a questões do processo educativo: o que aprender, para que aprender, como ensinar, como promover redes de aprendizagem colaborativa e como avaliar o aprendizado. 

A importância do papel do professor no mundo atual

Reconhecer-se em seu contexto histórico e cultural, comunicar-se, ser criativo, analítico-crítico, participativo, colaborativo, resiliente, produtivo e responsável tornaram-se primordiais no novo cenário mundial. Assim, ao analisar os fundamentos pedagógicos da BNCC, percebemos que para aprender é necessário saber lidar com informações, ter discernimento e responsabilidade. Acima de tudo, ter emoção.

É aí que entra a importância do papel do professor ao ministrar aulas didáticas, colaborativas e práticas, envolvendo a inteligência emocional. Após incluir na metodologia atividades educativas que desenvolvem tais habilidades, listamos 5 vantagens para seus alunos:

1. Atuar com discernimento e responsabilidade nos contextos das culturas digitais;

2. Podem aplicar conhecimentos para resolver problemas;

3. Terão autonomia para tomar decisões;

4. Serão proativos

5. Aprendem a conviver com as diferenças e as diversidades.

Nos fundamentos pedagógicos da BNCC, destacamos as competências pessoais e sociais de grande valia, pois se relacionam com o trabalho emocional nas discussões em sala de aula

O que é necessário incentivar nos alunos?

  • conhecer, apreciar e cuidar de si, do seu corpo e bem-estar, e reconhecer e gerir suas emoções e comportamentos, com autocrítica e capacidade de lidar com a crítica do outro e a pressão do grupo;
  • exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos, a cooperação e o respeito;
  • fazer-se respeitar e promover o respeito ao outro, acolhendo e valorizando a diversidade de indivíduos e de grupos sociais, sem preconceitos baseados nas diferenças de origem, etnia, gênero, orientação sexual, idade, habilidade/necessidade, fé religiosa ou de qualquer outro tipo;
  • agir pessoal e coletivamente com autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, tomando decisões com base em princípios éticos democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

A importância do papel do professor 

O conceito de educação com o qual os fundamentos pedagógicos da BNCC estão comprometidos se refere à construção de processos que promovam aprendizagens sintonizadas com as necessidades, as possibilidades e os interesses dos estudantes e, também, com os desafios da sociedade contemporânea.

A importância do papel do professor é de não ser apenas um transmissor de conhecimento, mas sim um mediador. Ele precisa ser capaz de fazer o aluno pensar, refletir e discutir sobre as informações recebidas. 

“A tarefa do educador moderno não é derrubar flores, mas irrigar desertos.”

C. S. Lewis - escritor, romancista, poeta

Mergulhe no universo das emoções!

Depois de tudo que falamos, de fato os fundamentos pedagógicos da BNCC assumem uma visão plural, singular e integral da criança, do adolescente, do jovem e do adulto – considerando-os como sujeitos de aprendizagem – para promover uma educação voltada ao seu acolhimento, reconhecimento e desenvolvimento pleno, nas suas singularidades e diversidades.

Sob esta perspectiva, o documento indica o que os alunos devem saber e saber fazer, pois, assim, estabelecem habilidades, atitudes e valores para resolverem demandas complexas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e do mundo do trabalho.

O curso Competências Socioemocionais para Educadores, de Tonia Casarin, é uma excelente forma de mergulhar no universo das emoções, trabalhando os fundamentos pedagógicos da BNCC. Além disso, você pode aperfeiçoar ainda mais suas técnicas e aprender diversas práticas para sala de aula, trazendo à tona as emoções. 

Nenhum comentário.

Deixe um comentário!

WordPress Image Lightbox Plugin