Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Seu filho também quer saber como foi o seu dia.

Conversar com seu filho e ouvir seus medos, sonhos e expectativas, demonstrando interesse na vida dele, é uma forma de compreendê-lo melhor. Sabemos que hoje em dia a rotina dos pais é muito corrida, mas sempre temos um tempo para perguntar o famoso: “Como foi a escola hoje?”

Contar para ouvir

Provavelmente seu filho não pergunte de volta: “E o seu, como foi?” Mas isso não significa que você não possa compartilhar. Melhor dizendo, você deve compartilhar. Você já pensou que contar para ele sobre seu dia, também, estreita sua relação e sua conexão com eles?

Comunicar-se com seu filho é uma forma de construir um bom relacionamento com ele. Ao compartilhar diariamente seus pensamentos e oferecer-lhe a oportunidade de se expressar é maravilhoso. Porém, as crianças copiam muito bem os adultos com quem elas convivem. Daí a importância de você dar o exemplo e dividir como seu dia com ele.

af_cta_ebook50formas_tonia-casarin_600x200px

Criando a rotina de conversas

Talvez, criando uma rotina ajude a compartilhar seu dia. Pode ser na hora do jantar ou qualquer outro momento que combine as agendas da família. O ritual da conversa ajuda a organizar a casa e estabelecer um momento seguro em que a família vai compartilhar.

 

Quero deixar claro aqui que, quando digo compartilhar seu dia, estou querendo que você divida com seu filho o que aconteceu no seu dia. Não de forma mecânica, como contando o que você fez cada hora do seu dia. Mas contando como foi no trabalho, se teve algum acontecimento que te deixou estressado ou chateado, como você se sentiu após completar o treino de corrida que você tinha se proposto. Encoraje seu parceiro(a) a fazer o mesmo.

Compartilhar emoções

Além de compartilhar seu dia, que tal compartilhar também seus medos, suas preocupações. Mostrar-se vulnerável diante das crianças tende a encorajá-los a fazer o mesmo. E você acaba conhecendo mais do seu filho e lembrando a ele que, no seu círculo familiar, vocês podem ter um espaço seguro para ser quem vocês são.

 

Eu já escrevi sobre isso, mas vale ressaltar. A comunicação melhora a alfabetização emocional. Os adultos que convivem com as crianças devem dar o exemplo para elas, ensinando-as e encorajando-as a se expressar. Quando uma criança é capaz de expressar suas emoções com clareza, por exemplo, é mais provável que ela consiga resolver seus problemas por meio de diálogo. Já as crianças que não têm essa capacidade, tendem a ficar frustradas e reagir de forma inadequada para conseguir o que querem.

Você é o exemplo

Portanto, lembre-se que você é um exemplo. E que seu comportamento será copiado pelas crianças a sua volta, principalmente seus filhos. Queria você ou não. Talvez, seu filho esteja somente refletindo o que ele tem aprendido ao longo do anos. Mas não se preocupe, é possível mudar e começar a compartilhar com eles também.

 

new RDStationForms('conversa-3ed19e86289aefc72f0e-html', 'UA-86854382-1').createForm();

1 Comentário

  1. Adorei seu artigo! Fiquei muito feliz com cada linha que li. Pareciam destinadas a mim. Vou amar receber suas pastagens. Obrigada

Deixe um comentário!

WordPress Image Lightbox Plugin