Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Cadastre seu e-mail para fazer o download:

X FECHAR

Professor, você conduz a arte de ensinar para seus alunos?

Não apenas como um transmissor de conteúdos, o professor deve aprimorar a arte de ensinar. A real essência de um educador está em deixar um legado para que as outras gerações possam se desenvolver. Neste conteúdo vamos falar sobre essa profissão de tão grande valia! Continue lendo! 

Desde o início de sua atividade, a missão do professor sempre foi marcada por uma realidade extremamente nobre: a união entre o coração e a inteligência do ser humano.  

A arte de ensinar não se baseia somente em passar o conteúdo, mas em utilizá-lo como um verdadeiro instrumento. Instrumento este que tem um objetivo maior: socializar e humanizar os alunos. 

Sendo assim, o educador é um também grande transformador, como afirma o escritor Augusto Cury: "educar é semear com sabedoria e colher com paciência". 

O ato de lecionar envolve desafios 

A profissão é desafiadora, pois demanda empenho, disposição para encarar novas questões e responsabilidade. Acima de tudo, é preciso sentir-se professor, exercer com paixão a incrível arte de ensinar

Você já parou para imaginar o que um aluno espera de um professor? É normal que o aluno fique mais atento às discussões em sala de aula quando o educador ensina com entusiasmo. Ou seja, quando ele sabe motivar a turma. 

Certamente, eles desejam que você tenha humildade de não usar o conhecimento para humilhá-los, assim como esperam que destaque a beleza ao descobrir uma matéria e novos aprendizados. 

O método dialético e a arte de ensinar

A partir de agora, vamos entrar na parte do conceito que envolve o ato de ensinar. Ele precisa estar fundamentado no diálogo entre professor e aluno, como afirmam os autores Urbanets e Melo (2008), chamado de método dialético. 

Entenda abaixo como esse método funciona:

1. Prática social: o objetivo é sempre ensinar ao aluno buscando informações que já são da prática social dele e do professor;

2. Problematização: a turma é instigada a perguntar o porquê das coisas, literalmente a questionarem os assuntos;

3. Instrumentalização: o professor disponibiliza ferramentas e instrumentos para que os alunos resolvam os problemas;

4. Catarse: é a peça-chave da aprendizagem, quando o aluno realmente entendeu o tema e tem 'insights' sobre os assuntos estudados.

Assim, no mecanismo dialético, o papel do professor é mostrar a utilidade dos conhecimentos que ele está transmitindo. 

Boa didática, clareza e conhecimento 

Boa didática é fundamental na arte de ensinar

Cada aluno deve ser coautor de seu próprio processo de aprendizagem. Você, professor, deve estimular isso e fazer com que ele desenvolva em si o desejo do saber, encontrando a melhor forma de compreender os conteúdos, bem como uma visão crítica sobre aquilo que está aprendendo.

Entre os desejos da turma podemos citar: ver seu mestre ensinar com didática, competência e clareza. Nos dias de hoje, os aparelhos tecnológicos são grandes distrações para as crianças, então mais do que nunca é necessário inovar. 

Além disso, é importante pontualidade e apresentação adequada. Sobretudo, o pequeno quer ver você como um bom amigo, alguém que ele pode confiar, não só apenas para lhe passar informações, mas sim sabedoria de viver. 

Selecionamos algumas recomendações que são fundamentais dentro da sala de aula: 

- Motive os alunos

- Domine a matéria e atualize-se

- Prepare bem as aulas

- Exponha a matéria com clareza, ordem e sequência lógica

- Aplique e corrija as avaliações com equilíbrio e justiça

- Respeito e atenção são primordiais

- Saiba valorizar o aluno e orientá-lo no que for preciso 

“A verdadeira educação consiste em pôr a descoberto o melhor de uma pessoa” Mahatma Gandhi 


A arte de ensinar deve ter atualização constante!

Quanto mais o professor domina o assunto, mais os alunos gostam de ouvi-lo. Entre as exigências do século XXI está a formação continuada. O educador precisa estar sempre bem informado, conhecer novas didáticas e metodologias diversificadas. 

Os cursos de especialização fornecem, ainda, uma maneira diferente de "enxergar" determinadas questões, antes despercebidas. É o exemplo da inteligência emocional, que cada vez mais tem sido pauta em planejamentos pedagógicos. 

Online e acessível, o curso Competências Socioemocionais para Educadores - elaborado por Tonia Casarin - vai te ajudar a transformar seus alunos. E para você, o que significa a arte de ensinar? Escreva nos comentários! 

Nenhum comentário.

Deixe um comentário!

WordPress Image Lightbox Plugin